De 21 a 25 de Outubro/2012 | Canela RS

Notícias

Emílio Santiago comemora 40 anos de carreira na Festa da Música

Clique para ampliar

Emílio Santiago

Uma das vozes mais marcantes da Música Popular Brasileira, Emílio Santiago tem motivos para comemorar. O artista completa quatro décadas de carreira com o lançamento do primeiro DVD pela Santiago Music, selo de sua propriedade, depois de grande sucesso do CD homônimo gravado no ano passado. “Só Danço Samba” reúne clássicos do gênero, mantendo o ritmo dançante e suingado. Apelidado por um dos principais críticos do New York Times de o "Nat King Cole Brasileiro", Emílio Santiago será homenageado na FESTA NACIONAL DA MÚSICA 2012.

O disco "Só danço samba" foi alvo das mais belas críticas e conquistou os fãs. Um álbum que Emílio fez questão de dedicar ao "rei dos bailes, ED Lincoln" (líder da banda que dominava a cena em sua época e da qual fez parte). Com canções consideradas atemporais, o disco conseguiu a difícil unanimidade entre público e crítica especializada. O registro em DVD foi realizado durante um espetáculo no Citibank Hall de SP, no dia 30 de março, com casa lotada e público animadíssimo. De quebra, e extraído do DVD, sairá também o CD "Só danço samba - Ao vivo". A distribuição de ambos será da gravadora Biscoito Fino.

A produção musical, tanto do cd quanto do dvd, é de José Milton, e a direção geral do show de Túlio Feliciano. Thelma Madarás dirigiu o DVD; Aurélio De Simoni foi o responsável pela criação da luz. Adriano Souza e Clebson Santos (teclados), Humberto Mirabelli (violão), Alex Rocha (baixo), Amaro Jr (bateria), Jacaré (percussão) e Zé Arimatéia (flugelhorn) acompanharam Santiago no CH. O intérprete também assina a Direção Artística e a Produção Executiva do espetáculo.

"Só danço samba - Ao Vivo" é totalmente dançante, suingado, e resgata sucessos do passado antenados com a modernidade. Além dos standards, como a faixa-título "Só danço samba" (Tom Jobim/ Vinícius de Moraes), músicas inesquecíveis, como :"Olhou pra mim" (Ed Lincoln/ Sílvio César), " Samba de Verão " (Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle), "Falaram tanto de você" (Durval Ferreira/ Orlandivo), "Sambou, sambou" (João Donato/João Melo), "Pra que" (Sílvio César), "Vou rir de você" (Helton Menezes) e "Na onda do berimbau" (Oswaldo Nunes). O primeiro DVD do selo de Emílio, a Santiago Music, ainda conta com obras mais recentes compostas por Mart`nália e Mombaça ("Chega"), e Dona Ivone Lara e Jorge Aragão ("Tendência").

Mas não faltarão hits de carreira, como a emblemática "Saigon" (Cláudio Cartier/Paulo César Feital/Carlão), "Verdade Chinesa" (Gilson/Carlos Colla), "Logo Agora" (Jorge Aragão/Jotabê), "Última Forma" (Baden Powell/ Paulo César Pinheiro), "Influência do Jazz" (Carlos Lyra ) e "Eu e a brisa" (Johnny Alf). E clássicos internacionais, da época em que cantava na noite, como ""Misty" (Errol Garner/ Johnny Burke), "The Blues Walk" (Clifford Brown) e "Solamente una vez" (Agustin Lara). Nos extras, uma agradável e descontraída conversa com o cantor.

No álbum, Emílio Santiago, conforme vaticinaram os críticos, "conseguiu superar-se". Para alguns, como o conhecido e experiente jornalista carioca Mauro Ferreira, " Só danço samba foi um dos melhores discos do ano passado". Naturalmente, com o DVD que ainda capta outras etapas de sua carreira, as opiniões não serão diferentes. Aliás, não foi à toa que Emílio ganhou o Prêmio da Música, na categoria Melhor Cantor da MPB de 2011.
 


+ Veja a relação completa de notícias

<Voltar