Redes sociais
Facebook Twitter YouTube Instagram
Aplicativo da Festa
Baixe nosso aplicativo.
Disponível na Apple Store
Disponível no Google Play
Newsletter

Cadastre-se para receber nossas newsletters.

Nome*

E-mail*

#VOCENAFNM
Marta Faé com Rosemary

Marta Faé com Rosemary

+ Ver mais fotos
Vídeos
legenda

Vídeos da Festa no Youtube

+ Ver mais vídeos
Notícias do evento
Revista Festa
Nacional da Música

De 18 a 22 de outubro de 2015 | Canela RS

Convidados

Max Pierre

Clique para ampliar

Max Pierre

Max Pierre começou a carreira na década de 1960, durante o período da Jovem Guarda, como baterista do grupo Os Canibais. Desde então, seu crescimento profissional e musical, capacidade de unir e reunir o lado prático da intuição artística e empresarial, que objetivamente é o lucro e o lado criativo das produções, tornou-se um marco de sua trajetória. Com seu talento conseguiu viabilizar projetos, à primeira vista, complexos ou até tecnicamente inviáveis.

Como produtor artístico, fez história na década de 1970 na gravadora Continental, na qual produziu Tom & Dito, Agepê, Dicró, Adriana, Duo Assad e Nenéo. Na década de 1980, já como Gerente Artístico e de Estúdios da Gravadora Som Livre, produziu Ruy Mauriti, Rita Lee & Roberto de Carvalho, Jorge Benjor, Olívia Bygnton, Elis Regina, Cauby Peixoto, César Camargo Mariano, Fafá de Belém, Agepê, Xuxa, as novelas Mandala e Vale Tudo e o especial Chico & Caetano. Foi lá que iniciou a série “ao vivo”, que marcou sua carreira com recordes de vendas com Oswaldo Montenegro, Os Vips, Golden Boys e Bossa ‘n’ roll, de Rita Lee.

Na gravadora Sony do Brasil, produziu Rosana, Fábio Jr., Guilherme Arantes e Magal e, para a Sony do México, Ana Gabriel, Yuri e Emmanuel. Em 16 de dezembro de 1992 foi contratado pela Polygram do Brasil. Lá, cria o projeto As canções que você fez para mim, com Maria Bethânia, e os discos “ao vivo” e de carreira do Cheiro de Amor, Netinho, Terra Samba, Banda Eva, Bom Balanço, Banda Beijo, Engenheiros do Hawaii, É o Tchan, Caetano Veloso, Cássia Eller, José Augusto, Sandy & Júnior, Rita Lee & Roberto de Carvalho, Erasmo Carlos, Elba Ramalho, Chitãozinho & Xororó e as Meninas.

Como vice-presidente artístico da Universal Music do Brasil, bateu o recorde mundial de vendas da companhia com Ivete Sangalo ao vivo na Fonte Nova e as produções de Ed Motta, Hebe Camargo, Armandinho, Babado Novo, César Menotti & Fabiano, Dudu Nobre, Marjorie Estiano, Isabella Taviani, Alcione, Jeito Moleque, Jorge Benjor, Kid Abelha, KLB, Leila Pinheiro, Leonardo, Marília Gabriela, Marina, Nando Reis, Nana Caymmi, Negra Li, Ney Matogrosso, Paulo Ricardo, Pedro Mariano, Raça Negra, Rionegro & Solimões, Roberta Miranda, Roupa Nova, Sandra de Sá, Simone, Zeca Pagodinho, Zélia Duncan e Zizi Possi. Neste período, projetos vitoriosos foram criados, como Quintal do Pagodinho, Casa de Samba, Casa do Forró, Um Barzinho, Um Violão e Casa da Bossa. Produziu para a Universal da Espanha os megasucessos Tamara Canta Roberto Carlos e Tamara – Lo Mejor de Tu Vida, homenageando Julio Iglesias.

Encerrou sua fase na Universal Music no final de março de 2007 com o projeto Acústico Gafieira, de Zeca Pagodinho, e Ivete Sangalo no Maracanã. Max Pierre é presença confirmada para a Festa Nacional da Música 2015

<Voltar