Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer apresenta:

Festa Nacional da Música -

Notícias da Festa

Bandas de Porto Alegre e da Região Metropolitana desfilaram na bonita tarde de domingo na Redenção. (Crédito: Vitor Corso/FNM) Bandas de Porto Alegre e da Região Metropolitana desfilaram na bonita tarde de domingo na Redenção. (Crédito: Vitor Corso/FNM) Clique aqui para baixar a imagem em alta resolução

Festival de Bandas Marciais encanta o público da Capital na Redenção

O Parque da Redenção, em Porto Alegre, recebeu na tarde deste domingo o Festival de Bandas Marciais, que integra a programação da Festa Nacional da Música 2018

Ao lado dos espelhos d’água desfilaram quatro formações sob os olhares atentos do público. Os primeiros foram os integrantes da Banda Marcial Gusmão Brito, de São Leopoldo. Sob a regência de Diego Adam, a banda executou canções populares como o “Tema da Vitória”, “Superfantástico”, do Balão Mágico, e “September”, canção americana da década de 1970, além de uma peça do maestro brasileiro Heitor Villa Lobos.

Na sequência foi a vez da Banda Marcial Juliana, do Colégio Estadual Júlio de Castilhos. Optando por um repertório de formações marciais e fanfarras, o conjunto encantou os presentes com um desfile colorido e bastante competente. Para o coordenador da banda, Carlos Rizzon, o desfile promovido pela Festa Nacional da Música é importante por, além de incentivar a manutenção das bandas marciais, contribuir para a formação ética dos participantes, fazendo com que desde os pequenos integrantes, até os mais experientes, aprendam valores como a disciplina e o trabalho em conjunto.

A Banda Marcial Guerreiro Lima, vinda da cidade de Viamão, com a regência de Marlos Nunes, foi a penúltima a desfilar. Além da formação e repertório tradicionais, o conjunto arrancou sorrisos e até divertidas tentativas de acompanhar o ritmo por parte do público quando interpretou a música “Do Seu Lado”, de composição de Nando Reis.

Para encerrar a tarde de apresentações, a Banda Marcial Amadeo Rossi, de São Leopoldo, trouxe para o Festival o mais jovem integrante a desfilar no evento. O pequeno João Vitor, de apenas 5 anos, não perdeu o compasso com o bumbo proporcional a seu tamanho e ajudou o conjunto a interpretar canções bastante conhecidas como “Dona Maria”, de Thiago Brava, e o famoso chamamé “Mercedita”. O regente Roger Aguiar salientou que os músicos dedicaram três meses de ensaios para a Festa Nacional da Música. A preparação, segundo ele, demonstra a importância do evento para a Banda Amadeo Rossi. Roger considera a iniciativa essencial para a integração das bandas marciais e para a formação individual e social dos alunos.

Festa Nacional da Música - De 21 a 24 de outubro, a Festa Nacional da Música reúne artistas e profissionais do setor em shows e debates em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. Todos os ritmos estarão representados na programação que conta com artistas de todo o país.

Cidade da Música/Festa da Música - De 11 a 18 de outubro, a música vai tomar conta de ruas, parques, hospitais, asilos e outros locais públicos da capital gaúcha durante a programação gratuita que faz parte da Festa Nacional da Música. A programação completa está no site festanacionaldamusica.com.br

Confira fotos em alta resolução neste link.

(Marcos Cunha)



Cadastre-se para
saber mais